Horário: Seg a Sex - 07 às 17h

Blog

Segundo pesquisas, café é aliado da prevenção do câncer de próstata

 

Novembro, o Brasil e vários países do mundo promoveram a campanha “Novembro Azul” que visa conscientizar a população sobre a importância da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de próstata.

Segundo a ciência, o café pode ser um grande aliado da prevenção desse tipo de câncer além dos tumores de mamas e intestinos. De acordo com um estudo norueguês que contou com a participação de 234 homens voluntários, com faixas etárias de 20 a 69, há evidências que os homens que consomem café filtrado ou coado regularmente, possuem menores chances de desenvolver câncer de próstata.

De acordo com os cientistas, ainda não há conhecimento sobre o mecanismo biológico que atua nesse tipo de proteção. No entanto, sabe-se que o café é uma bebida rica em substâncias antioxidantes, ou seja, que ajudam no combate ao estresse oxidativo que é responsável pelo dano às células e que pode causar doenças como o câncer.

O câncer de próstata é uma doença grave e é o segundo tipo de câncer mais comum entre os homens. Segundo dados do Instituto Nacional de Câncer (INCA), há estimativas de 65.840 novos casos para este ano. O índice de mortes por esse tumor chega as 15 mil por ano.

Nos estágios iniciais, o câncer de próstata pode ser assintomático, dificultando o diagnóstico e as chances de cura. Os pacientes sintomáticos podem apresentar: dificuldade em iniciar e manter um fluxo constante de urina, fluxo urinário fraco, micção excessiva durante a noite, micção frequente, retenção urinária ou vontade de urinar e incontinência.

A partir dos 50 anos é indicado que comece a ser feito o acompanhamento e rastreio do câncer de próstata. A prevenção inclui exames de rotina, estilo de vida saudável e prática de atividades físicas.

Outubro Rosa alerta sobre a prevenção e diagnóstico precoce do câncer de mama

O mês de outubro é na cor rosa para conscientizar a população sobre a importância de prevenir ou diagnosticar precocemente o câncer de mama. Esse é o tipo de neoplasia que mais atinge mulheres e a quinta maior causa de mortes no mundo, de acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS).

As causas do câncer de mama ainda não estão totalmente definidas, portanto, fala-se em fatores de risco. Idade avançada, predisposição genética, histórico familiar, problemas hormonais e estilo de vida estão entre esses fatores que são considerados de risco para o desenvolvimento do câncer de mama.

Diante dessa realidade, o autoexame é uma forma de prevenção. Por meio do autoexame, a mulher consegue detectar anomalias como caroços, alterações na pele, secreções em estágios iniciais, o que ajuda a diagnosticar a doença de modo precoce. O câncer de mama é uma doença grave e com altas taxas de mortalidade. Quanto mais cedo detectado, maiores são as chances de tratamento e de cura.

Além do autoexame, a mamografia é um exame fundamental para o diagnóstico do câncer de mama e deve ser feita anualmente por mulheres com 40 anos ou mais. No entanto, em mulheres que possuem histórico familiar de câncer de mama, o acompanhamento pode ser iniciado mais cedo. Isso depende da avaliação do médico.

Os hábitos de vida também são apontados como formas de prevenção. Por isso, é importante ter uma dieta saudável rica em frutas, hortaliças e fibras. Evite o tabagismo e pratique regularmente exercícios físicos.

Além desses cuidados, ajude outras mulheres. Dissemine informações sobre a importância prevenção e cuidados com a saúde.

Altas temperaturas: café e preparações de bebidas geladas

Um dos momentos mais especiais do dia é aquele em que temos uma pausa para tomar um bom cafezinho. O café coado na hora, com aquele aroma que invade o ambiente é o queridinho dos brasileiros, no entanto, esta bebida é muito versátil e pode ser utilizada em preparações geladas, sobremesas e até mesmo no preparo de alguns pratos.

As temperaturas estão subindo, há dias que chegam a marcar mais de 35º. O clima brasileiro pede bebidas geladas e nem por isso, você precisa abandonar o sabor do café.

O café possui várias harmonizações que podem serem utilizadas nos preparos de inúmeras receitas, desde bebidas a doces e até molhos para pratos de carne branca ou vermelha.

Abaixando a temperatura

Uma das combinações de sucesso é o famoso café com sorvete. Basta colocar uma generosa bola de sorvete (de preferência, creme ou chocolate) e adicionar café à preparação. O paladar passa por uma experiência completa de sabores e também de temperatura, já que o café quente se une ao sorvete frio.

No rol das bebidas geladas em que o café é a estrela principal, temos os frapês, que podem levar sorvete, chocolate e até mesmo utilizar coco na preparação. Esses sem dúvidas são para deixar qualquer lanche da tarde ainda mais especial.

Das novidades de sabores, o café harmoniza com bebidas geladas à base de caramelo, chantili e até mesmo com brigadeiro.

Para quem gosta de tradição, a bebida mocha (que tem como ingredientes o café, leite e cacau em pó) também é uma delícia para refrescar as tardes de verão. Para os apaixonados por café com leite, vale apostar no Latte gelado, uma saborosa bebida preparada à base de café e leite.

Uma delícia, não é mesmo? O café é muito versátil e pode ter saborosas preparações que vão muito além do tradicional cafezinho coado.

Café antes do treino: quais os benefícios em relação ao suplemento de cafeína?

Além de ser uma bebida agradável, já sabemos que o café traz diversos benefícios para a saúde: é aliado ao emagrecimento, à saúde mental e ajuda a encaramos a rotina do dia a dia com mais sabor e disposição. Segundo alguns estudos, o cafezinho pode ajudar na hora do treino.

De acordo com estudos apresentados no encontro da Sociedade Internacional de Nutrição Esportiva, antes do treino, o café é mais benéfico do que os suplementos à base de cafeína. Isso porque a bebida não é composta apenas por cafeína, há antioxidantes e uma substância chamada de Ácido Clorogênico que traz resultados positivos para o metabolismo energético, aumentando o gasto calórico, os níveis de lipídeos no sangue e melhora a tolerância à glicose.

Já os suplementos são compostos por cafeína anidra e não possuem os benéficos que o café traz. Os antioxidantes do café in natura favorecem a reposição da glicose. Uma boa xícara de café antes do treino oferece todos esses benefícios, melhora a disposição para o treino e também atua como um termogênico.

Mas atenção! Quem tem hipertensão, doenças cardíacas ou pré-disposição para doenças cardíacas deve evitar o consumo de café ou diminuí-lo de acordo com as orientações médicas. Quem não possui esses problemas de saúde, também deve apreciar o cafezinho com moderação. Por exemplo, até três xícaras diárias é o suficiente para aproveitar os benefícios dessa bebida tradicional, sem sentir desconfortos gástricos ou intestinais.

Manter a prática regular de atividades físicas é fundamental assim como uma alimentação equilibrada que dê preferência aos produtos naturais.

Pesquisas relacionam o consumo de café ao aumento da resistência à insulina

Prevenção da diabetes tipo 2 é um dos benefícios

 

Além do sabor e de ser uma ótima companhia para vários momentos do dia, o café faz bem à saúde. Existem inúmeras pesquisas que apontam os benefícios que algumas xícaras de café podem trazer à saúde, inclusive para a mental.

Segundo a Sociedade Brasileira de Diabetes, estudos recentes apontam que o café induz a resistência à insulina, ajudando na prevenção da Diabetes tipo 2. A resistência à insulina é uma resposta do organismo que faz com que a glicose, ou seja, o açúcar presente no sangue, entre nas células. A resistência à insulina dificulta esse caminho da glicose.

Outro apontamento das pesquisas é que o consumo regular de café após as refeições ajuda a insulina, que é produzida no pâncreas, a exercer melhor sua função e diminui os níveis de glicose após refeições mais fartas. Aquele cafezinho após o almoço pode ajudar e muito na prevenção da diabetes.

De acordo com os pesquisadores, as principais hipóteses que ligam o café ao aumento da resistência à insulina devem-se ao aumento dos níveis do hormônio adiponectina, cientificamente é constatado que este hormônio reduz a resistência insulínica. O café também pode ajudar na modulação de outros hormônios e a cafeína é capaz de ativar o transporte da glicose para as fibras musculares de modo bem semelhante aos exercícios físicos.

Para os pesquisadores, quanto maior a ingesta de café, maiores são as chances de o indivíduo não ter diabetes. Pode-se consumir até seis xícaras por dia, mas para alguns adultos duas já são suficientes.

Como mostram as pesquisas, o café é um aliado na prevenção da diabetes, mas além do tradicional cafezinho, não podemos deixar de lado o cuidado com a dieta, incluindo hortaliças, legumes, frutas e oleaginosas no cardápio.

CAFÉ, IDEIAS E NEGÓCIOS

Acesso exclusivo e gratuito a consultoria de Marketing Digital e Negócios em parceria com a Resenha Criativa para você que tem o café Terra Nobre na sua empresa!

Grandes, médias e pequenas empresas vão precisar reinventar seu modelo de negócio, alterar a operação e rever as estratégias de marketing. Pensar nisso com seriedade é estar planejado para a retomada econômica.

Nós, empresários e empreendedores, não podemos parar. Mas, também não devemos fazer qualquer coisa sem pensar, na tentativa de acertar. Mais do que nunca, precisamos de direcionamento e foco, pois agir sem direção, será gastar “à toa”, o que não é viável a nenhum negócio, ainda mais neste momento.

Para contribuir no sentido de oferecer um direcionamento assertivo à padarias, mercados e minimercados, e em gratidão aos pequenos negócios, a família Café Terra Nobre firmou parceria com a agência de consultoria de marketing, Resenha Criativa. A parceria garante à você, cliente Café Terra Nobre, 01 hora de consultoria online
customizada e direcionada para cada tipo de negócio, com atendimento online, individual, exclusivo e gratuito.

Cadastre-se até 12 de julho através do site cafeterranobre.com.br, pelo telefone (17) 3442-7931, whatsApp (17) 99652-1654 ou diretamente com nossos vendedores.

Essa consultoria pode mudar a forma como sua empresa está fazendo marketing digital, tendo apontamentos para correções imediatas de práticas, gestão, sugestões estratégicas para melhorar o engajamento, e consequentemente as vendas.

Antes do encontro online, de 13 a 19 de julho, será aplicado um questionário individual para apuração de dados sobre o trabalho atual e links a serem analisados nas mídias sociais (Site, Blog, Facebook, Instagram, Youtube, Whatsapp). Após a apuração de dados, sua consultoria será agendada em horário comercial, entre 9h às 17h, via Skype, Whatsapp ou Google Meet. O cliente também escolhe a plataforma de sua preferência para a reunião.

Cronograma
❖ Cadastro – até 12 de julho
❖ Questionário – 13 a 19 de julho
❖ Consultoria – 20 de julho a 25 de agosto
❖ Palestra de Encerramento – 31 de agosto às 20 horas *online

Como cadastrar sua empresa?

Cadastre-se com seu nome, nome da empresa, endereço comercial, telefone comercial e celular pessoal através do site cafeterranobre.com.br, pelo telefone (17) 3442-7931, whatsApp (17) 99652-1654 ou diretamente com nossos vendedores.

Jonatas Castro, fundador da Resenha Criativa

Em 01 hora de consultoria podemos oferecer diagnóstico das mídias sociais, revisar um projeto de ecommerce, traçar metas e perfil para fazer um casting de influenciadores, criar uma estratégia de conteúdo, dentre outras demandas específicas que atendam seu objetivo comercial ou institucional. “Esqueça as dicas genéricas, concentre-se em estratégias de marketing exclusivas para o seu negócio”.

Vamos aquecer? Consumo de café é maior no inverno

Tomar um bom cafezinho é um hábito atemporal, não tem uma data determinada e nem mesmo horário. O café é sempre bem-vindo ao despertar, depois do almoço e para acompanhar desde uma reunião de trabalho a um bate papo com as amigas.

No entanto, nas estações mais frias a procura pelo famoso cafezinho se intensifica mais e isso é estatisticamente provado. De acordo com a Associação Brasileira da Indústria de Café (Abic), durante o outono e inverno, o consumo de café aumenta em 30% entre a população brasileira. Nas cafeterias, o aumento chega a 45%.

A ciência explica que durante as estações frias, as pessoas buscam se aquecer e por isso recorrem a bebidas quentes como o café. O cappuccino que leva café em sua composição também é uma das bebidas procuradas quando as temperaturas abaixam.

Para atender a procura dos clientes, as cafeterias investem em várias opções como o café expresso, aquele que é feito na máquina e o tradicional e querido café coado na hora. Em alguns estabelecimentos, este ritual de coar o café pode ser feito pelo próprio cliente, que pode sentir bem de perto o delicioso e único aroma do café recém “passado”.

No entanto, não é preciso ir a uma cafeteria para desfrutar desses momentos, ou melhor, de um bom cafezinho. No lar, o café geralmente é preparado de modo tradicional, aquele em que o coador é utilizado. Há quem prefira prepará-lo na cafeteira.  Mas o importante é sempre o sabor e o prazer de sentir o aroma e degustar um café bem quente para aquecer manhãs, tardes e noites do inverno.

Café e saúde mental

Pesquisas têm se dedicado a compreender os benefícios da bebida na prevenção de doenças neurodegenerativas e da depressão

 

Em tempos de distanciamento social, além de cuidar da saúde e importante ter momentos de relaxamento ao lado da família. O afastamento do trabalho e de atividades rotineiras como visitar familiares, ir ao shopping e da diversão com os amigos pode gerar algum tipo de estresse. Por isso, mesmo dentro de casa, você pode adaptar a sua rotina com exercícios leves, entre eles, os alongamentos e momentos de relaxamento como aquela pausa para tomar café. Muitos estudos já apresentaram os benefícios do café para a saúde física, mas há também pesquisas que investigam os efeitos do café na saúde mental.

Segundo algumas pesquisas, o hábito de tomar café foi apontado como benéfico para a saúde mental. De acordo com estudos, a bebida possui substâncias eficazes que atuam na prevenção de doenças neurodegenerativas como o Parkinson.

Outro benefício que os pesquisadores têm estudado é sobre a depressão. Em algumas pesquisas, há evidências que o consumo de quatro xícaras de café por dia pode reduzir em até 20% o risco de depressão. Isso pode acontecer devido a alteração em dois neurotransmissores, a serotonina e a dopamina, que são de grande relevância em quadros de depressão. As propriedades antiinflamatórias e antioxidantes da cafeína também são apontadas como benéficas.

Muitas pessoas relatam que os níveis de atenção ficam melhores ao tomar uma xícara de café. Apesar disso, as pesquisas ainda não comprovam nenhuma relação da cafeína com quadros de déficits de atenção. Já quem sofre com transtornos de ansiedade deve evitar o consumo exagerado de cafeína.

Lembrando sempre que o café não é remédio e não dispensa uma boa consulta médica no caso da apresentação de sintomas de depressão ou outros transtornos mentais. Essa tradicional e deliciosa bebida pode ser sua companheira em momentos de relaxamento que são tão necessários em tempos como esse.

 

A perfeita combinação de café e chocolate ajuda a memória

Pesquisas realizadas nos Estados Unidos indicam que quando consumidos juntos, café e chocolate são benéficos para o cérebro

 

A combinação café com chocolate faz sucesso em várias receitas de doces e bebidas quentes como o famoso capuccino. Essa mistura agrada bastante os amantes do bom cafezinho e também dos chocólatros.

Além da combinação dos sabores, o consumo de café junto com o chocolate traz benefícios para a saúde do cérebro, conforme indicam estudos realizados na Universidade de Clarkson, nos Estados Unidos.

De acordo com a pesquisa, o consumo do café junto com o chocolate traz benefícios para a memória e concentração. Os pesquisadores citam as propriedades da cafeína como uma substância energética que ajuda a reduzir a fadiga, melhora a memória e a capacidade de raciocínio. Já o cacau, que é encontrado no chocolate, possui propriedades antioxidantes, ou seja, que protegem as células do organismo contra radicais livres e do envelhecimento precoce, além de conter várias vitaminas como as do complexo B que são essenciais para a saúde do sistema nervoso.

Apesar dos benefícios, é importante não exagerar. Recomenda-se que seja consumido no máximo até quatro xícaras de café, o que equivale a 120 ml. Já o chocolate, cerca de 30 gramas, ou seja, três quadradinhos de uma barra ou dois bombons. De acordo com os nutricionistas, o chocolate meio amargo e os com maior concentração de cacau são mais indicados, pois não possuem muito açúcar e gordura e mais ricos em vitaminas e antioxidantes

Há várias formas de consumir essa combinação. Você pode adoçar seu cafezinho com um pedaço de chocolate em barra, ou finalizar a degustação do chocolate com uma boa xícara de café. Os dois elementos podem ser adicionados a doces como mousses, bolos e outras bebidas, principalmente as de inverno.

Café além da cafeína

Conheça outros importantes nutrientes que fazem parte da bebida

Várias outras substâncias, além da famosa cafeína, estão presentes no seu cafezinho de todo dia e fazem um bem danado para a sua saúde. Outras moléculas auxiliam na ativação de outros compostos importantes para o nosso organismo, como os antioxidantes, que protegem nosso corpo dos malefícios causados pelos radicais livres.

O café é uma bebida completa que pode ajudar na manutenção da sua saúde. Vamos conhecer algumas outras substâncias que estão presentes no café e podem ajudar a melhorar a sua qualidade de vida?

Se liga.

Minerais
Eles são nutrientes inorgânicos e no café são oferecidos minerais como o cálcio e o ferro. O cálcio, por exemplo, é essencial na estrutura dos ossos, enquanto o ferro está presente na hemoglobina do sangue de diversos animais, sendo útil para o transporte de oxigênio para as células.

Aminoácidos
Esses amiguinhos formam a estrutura das proteínas e são fundamentais para o corpo humano. Ajudam no reparo, crescimento e desenvolvimento do tecido muscular, além de contribuírem diretamente para a produção de mais de 50 mil proteínas e mais de 15 mil enzimas, incluindo as enzimas digestivas.

Lipídeos
Os lipídeos desempenham várias funções biológicas importantes no organismo, entre elas a reserva de energia; o armazenamento e transporte de combustível metabólico; e dão origem a moléculas mensageiras, como os hormônios.

Top